Presidente da Casa Legislativa Vereador Moisés Scussel Neto de Bento Gonçalves visita o presídio.

O presidente da Câmara Municipal de Bento Gonçalves, vereador Moisés Scussel Neto (PSDB), visitou o Presídio Estadual de Bento Gonçalves na tarde dessa terça-feira (25). O encontro foi conduzido pelo presidente do Conselho Comunitário de Execuções Penais, José Ernesto Morgan Oro, pelo atual administrador do presídio, José Marcio da Rosa Oliveira, e pelo agente penitenciário Marcos Feix.

O presídio conta com o auxilio do Conselho Comunitário de Execuções Penais, que dá suporte à administração da penitenciária, conforme estabelecido pelo artigo 80 da Lei Federal 7.210/1984. É por meio do conselho existente no município que a administração consegue realizar melhorias no local.

A visita do presidente da Câmara teve o objetivo de acompanhar o funcionamento da penitenciária, que atualmente abriga 323 presos nas celas. Desse montante, 25 são mulheres. O número representa mais que o triplo da capacidade do local e só vem aumentando ao longo dos últimos anos, segundo os responsáveis pelo presídio.

Segundo o presidente do conselho, é necessário procurar parcerias para adquirir itens básicos. “Conseguimos doações de colchões novos, materiais de construção e roupas para os presos, mas as dificuldades são maiores que essas. O local é pequeno para abrigar tantos presos”, afirmou Oro.

Para Scussel, a visita foi esclarecedora. “Podemos ver que a organização do local é boa, mas realmente faltam recursos e as instalações são pequenas para abrigar tantos presos”, afirmou ele.

Está em andamento no município um projeto que visa à construção de um novo presídio que ficará localizado no bairro Barracão e oferecerá 500 vagas para o regime fechado e 150 para o semiaberto. A ideia do governo estadual é executar a obra por meio de uma parceria público-privada, baseada na Lei Estadual nº 14.954/2016. O prazo previsto para a conclusão do processo é março de 2018.

Legenda: A visita do presidente da Câmara, vereador Moisés Scussel Neto (PSDB), foi conduzida pelo presidente do Conselho Comunitário de Execuções Penais, José Ernesto Morgan Oro, pelo atual administrador do presídio, José Marcio da Rosa Oliveira, e pelo agente penitenciário Marcos Feix. (Créditos: Câmara Municipal de Bento Gonçalves).

Bruna Maria de Moura




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: