Projeto “Selo Escola Amiga da Natureza” ganha sequência em 2018.

Com o objetivo de aproximar os estudantes da natureza e conscientizar sobre a importância do gerenciamento de resíduos, as Secretarias Municipais de Educação e Meio Ambiente dão sequência, neste ano, ao projeto “Selo Escola Amiga da Natureza”.

 

O lançamento das atividades deste ano ocorreu nesta quarta-feira, dia 28, em reunião com diretores das escolas de todas as redes de Garibaldi.

A exemplo do ano passado, quando foi lançado, o projeto propõe a realização de atividades ambientalmente sustentáveis durante o ano letivo de 2018. As escolas que desenvolverem as atividades propostas, como reciclagem, passeios ao ar livre e produção na horta escolar, serão contempladas com o selo.

A proposta neste ano é antecipar as atividades para o começo do ano letivo, para que os resultados possam ser expostos no Dia do Meio Ambiente, em 5 de junho. Essa atividade, que é um dos requisitos para receber o selo, foi sugerida pelos professores após a edição do último ano, bem como a oportunidade aos alunos de relatar suas experiências no projeto.

Lançado em 2017, com adesão de todas as escolas da rede municipal, estadual e particular, o projeto mobilizou, aproximadamente, 3.550 alunos e 430 adultos em sua primeira edição.

A secretária municipal de Educação, Simone Rosanelli Chies, lembra a demanda mundial da educação pela sustentabilidade. “Por meio de atividades muito simples, conseguimos resultados significativos”, avalia a secretária. “Temos que preparar nossos alunos para serem cidadãos socialmente responsáveis”, completa.

O trabalho gradual para a obtenção dos frutos também foi lembrado pelo secretário de Meio Ambiente, Arnaldo Seganfredo. “O trabalho pelo Meio Ambiente é de formiguinha, mas fundamental e deve ser mantido com a participação de todos”, afirmou.

 

Fotos: Priscila Pilletti

 




Deixe uma resposta