Liquida Garibaldi 2019 vai movimentar o varejo de 1º a 16 de fevereiro.

Liquida Garibaldi 2019 vai movimentar o varejo de 1º a 16 de fevereiroO Liquida Garibaldi 2019 será realizada entre 1º e 16 de fevereiro. A iniciativa, que é realizada na cidade desde 2005, possibilita que lojistas e consumidores possam fazer bons negócios. A promoção, da CIC e CDL, vai reunir dezenas de estabelecimentos comerciais de diversos segmentos. O presidente da CDL, Carlos Adriano Morari, destaca que o Liquida Garibaldi já tornou-se uma marca no início de ano para o varejo no município e uma referência para os clientes.

“É uma ótima oportunidade para aquecer as vendas neste período do ano, além de promover iniciativas que atraiam novos clientes e fidelizem os já existentes”, enfatiza Morari. A maior liquidação anual da cidade também abre a temporada de iniciativas da CIC e CDL que visam promover o comércio garibaldense e criar uma cultura de apoio às empresas que geram emprego e renda na comunidade.

“Depois de uma sequência de anos mais difíceis, a promoção contribuiu para que lojistas possam novamente atrair seus clientes, inclusive com ações próprias para incrementar suas vendas. Uma campanha desta natureza é importante, pois fomenta o comércio local em um período onde as vendas dão uma freada devido às férias e também às diversas despesas com tributos que a população é submetida neste período”, enfatiza o dirigente.

Os estabelecimentos participantes estarão identificados com o material da campanha, que neste ano foi totalmente remodelado, com um visual mais moderno e mais colorido. O presidente da CDL diz que, para a campanha dar resultado positivo, todos os lojistas devem se integrar de maneira coletiva. “Os descontos devem ser reais e verdadeiros. Todos conhecemos as reclamações que acontecem em ações como a Black Friday. O consumidor está mais atento e sabe diferenciar o que é uma promoção real de uma que pode gerar dúvidas”, salientou.

Ele enfatizou que as relações de consumo mudaram muito e a influência das vendas pela internet, aliada à maior informação sobre os produtos, obriga os lojistas a estarem mais atentos ao seu segmento. “Defendemos a união dos lojistas para criar melhores condições de negócios e o fortalecimento do setor no município”, destacou Morari.




Deixe uma resposta