No 1° dia de 2019, jovem perde a vida na ERS-129 em Guaporé

Tragédia

Nem bem começou o ano de 2019 e a sinuosa rodovia que liga os municípios de Encantado a Casca, a ERS-129, registrou na terça-feira, dia 1° de janeiro, por volta das 15h, um acidente com vítima fatal na altura do trevo da Linha Segunda – São Pedro.

Eduarda Fortunato da Silva Pereira, 24 anos, perdeu a vida após o veículo que estava, um GM/Corsa, placas AFQ-3871, de Estrela, colidir frontalmente em um Ford Fiesta, IMI-7192, de Guaporé. Além da guaporense, mais seis pessoas, identificadas pelas iniciais como E.R.S., R.M., A.M.S., E.M.S, J.M.A., e L.M.S., ficaram feridas.

Policiais do 4° Pelotão Brigada Militar (BM), de Guaporé, atenderam a ocorrência após comunicado à Central de Operações. Conforme os brigadianos, o Corsa transitava no sentido Dois Lajeados/Guaporé enquanto o Fiesta seguia no sentido contrário quando houve a colisão. Os envolvidos relataram aos policiais militares que o Corsa ao tentar entrar em uma via adjacente acabou invadindo a pista contrária. Com o impacto, os dois automóveis ficaram destruídos e um deles, o Corsa, foi arremessado em cima do canteiro do trevo.

O Corpo de Bombeiros Militar (CB), de Guaporé, através da guarnição composta pelo sargento Cruz e soldados Márcio e Cristiane, foi acionado para colaborar no resgate das seis vítimas do acidente. Ao chegarem no local, os bombeiros retiraram, com auxílio dos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Eduarda das ferragens.

Ela apresentava ferimentos gravíssimo e seu estado de saúde era crítico. Encaminhada ao Hospital Manoel Francisco Guerreiro a jovem não resistiu e morreu a caminho. Os outros cinco feridos foram levados em duas ambulâncias (SAMU e Hospital) e receberam atendimento médico na casa de saúde. Eles, conforme equipe de enfermagem, não correram risco de morte.

O trânsito na rodovia ficou parcialmente interrompido durante o resgate e o socorro das vítimas a unidade hospitalar. Posteriormente, após a remoção dos veículos, a trafegabilidade, que era controlada pelos policiais militares, foi liberada.

Esse é o primeiro acidente com morte em toda a extensão da ERS-129 em 2019.

Fonte: Eduardo Cover Godinho




Deixe uma resposta