CIC-BG prepara memorando para estradas da região serem incluídas em plano de concessão

0

Está em fase de elaboração pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) um documento reunindo reivindicações para que três estradas da região sejam contempladas pelo plano de concessões do governo gaúcho. Os pleitos fazem parte de um memorando com necessidades para três rodovias da região, as RSCs 444, 453 e 431, e inclui, ainda, 36 apontamentos de melhorias como sinalização, drenagem, iluminação, entre outros aspectos, na extensão desses mesmos trechos.

O material foi concebido pela Comissão de Infraestrutura e Logística do CIC-BG, liderada por Giancarlo Ravanello, um dos diretores da área de Infraestrutura, Urbanismo e Logística da entidade. Integram a equipe, ainda, os diretores na mesma pasta, Gabriel Schuartz e Luciano Bertuol, o diretor da área da Construção Civil, Adriano De Bacco, o diretor de Projetos da ExpoBento, Adelgides Stefenon, e a assessora industrial do CIC-BG Joana Milan. O trabalho da comissão contou com a liderança do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede/Serra) e da Associação das Entidades Representativas de Classe Empresarial da Serra Gaúcha (CICS Serra).

Na 444, no trecho entre o entroncamento da RSC-453 até o acesso ao Parque de Eventos, o documento indica a necessidade de terceira pista tanto na chegada à cidade quanto na saída. Também é preciso construir o passeio público em toda a extensão do bairro Eucaliptos, com proteção de guard rail.

O ponto de entroncamento da 444 com a 453 é outro que exige obras. O memorando sugere uma rotatória para diminuir a velocidade dos veículos e dar melhores condições de acessos a ambas as rodovias. Também na 453, na altura do posto Cavalleri, no Burati, o pedido é de um trevo para organizar o tráfego.

LEIA MAIS: Observatório Social de Bento Gonçalves mostra que empresas de fora vencem mais licitações, mas pagamento é mais equilibrado

O memorando também cita como obra importante para evitar os constantes acidentes na 431, entre Bento Gonçalves e São Valentim do Sul, uma nova ponte em substituição a uma antiga, em curva, para comportar veículos mais longos. A estrada, ainda, necessita de nivelamento em diversos pontos e de uma área de escape e de sinalização para quem desce o distrito de Faria Lemos. Essa estrada é considerada pela Comissão de Infraestrutura e Logística do CIC-BG como uma alternativa à Serra das Antas, para quem segue no sentido Bento-Veranópolis pela BR-470.

Além dessas demandas, o CIC-BG segue trabalhando, junto às autoridades, para contemplar melhorias na RS-446, entre São Vendelino e Carlos Barbosa, e no trecho da RSC-453 compreendido entre Bento Gonçalves e Farroupilha.

 

crédito Divulgação