Em acordo inédito firmado com DPE/RS, rede de supermercados destinará 25% de suas vagas a integrantes de grupos vulneráveis

0

Em acordo inédito firmado com DPE/RS, rede de supermercados destinará 25% de suas vagas a integrantes de grupos vulneráveis

Carazinho (RS) – A rede de Supermercados Economia e E-Atacarejo (Zes Supermercados), de Carazinho, assinou um termo de compromisso com a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS) na última segunda-feira (30), visando à destinação de 25% de suas vagas a pessoas integrantes de grupos vulneráveis (negros, pessoas com deficiência, idosos e indígenas). A consolidação deste tipo de termo é algo inédito no Estado e objetiva reduzir as desigualdades sociais e promover a igualdade de oportunidades. A apresentação do acordo para a comunidade carazinhense e autoridades será realizada no próximo dia 7 de dezembro, às 15h, na Associação Comercial e Industrial de Carazinho (Rua Venâncio Aires, nº 612, Centro de Carazinho/RS).
No termo, ficou estabelecido que o percentual será implementado de forma progressiva, a partir das novas contratações, e deverá ser atingido até o final de dezembro de 2021. Como contrapartida, a Defensoria Pública se compromete em elaborar atividades de educação em direitos para os funcionários da rede de supermercados, tais como palestras e cartilhas educativas. A empresa, por sua vez, deve informar, a cada três meses, a evolução do percentual, para acompanhamento e análise da DPE/RS. O termo de cooperação tem prazo de quatro anos, podendo ser prorrogado de comum acordo entre os participantes.
Segundo os defensores públicos de Carazinho, Marcelo Martins Piton, Daniele da Costa Lima, Antônio Marco Wentz Brum e Arlei Antônio Batistella, a rede de supermercados foi procurada pela Defensoria Pública devido ao seu tamanho e importância local. A iniciativa foi bem recebida pela empresa e a parceria logo foi firmada. Para Piton, a redução das desigualdades sociais e a defesa dos interesses individuais e coletivos de grupos sociais vulneráveis que mereçam proteção especial do Estado é uma das missões da Defensoria Pública. “Assim, parcerias com a iniciativa privada são imprescindíveis para combater a discriminação e construir uma sociedade igualitária. Por fim, não posso deixar de ressaltar a recepção extremamente positiva que tivemos quando procuramos a empresa, na pessoa do Paulo Roberto Zanferrari e da Carine Leite da Silva. É esse tipo de iniciativa que faz a diferença”, afirmou.
“Ficamos muito felizes de poder fazer parte deste compromisso com a Defensoria, já que sempre participamos de ações sociais nas comunidades em que estamos inseridos, ações essas que de alguma forma possam trazer benefícios para as pessoas mais necessitadas nas áreas de nossa atuação.
Sabemos da responsabilidade que estamos assumindo, o que vai demandar muito trabalho e mudanças culturais, mas, com certeza, chegaremos ao final do ano de 2021 com a meta atingida de 25% das vagas preenchidas”, salientou o proprietário da rede de supermercados Economia e E-Atacarejo, Paulo Roberto Zanferrari.
Texto: Camila Schäfer – Ascom DPE/RS 
Arte: Eduarda Rogério de Araújo – Ascom DPE/RS